Um livro forte,  impactante, impressionante, visionário,  para pais que acreditam que podem melhorar o relacionamento com os seus filhos,  libertá-los da depressão, do baixo rendimento escolar, evitar a automutilação, o uso de drogas  e as tentativas de suicídio.

LANÇAMENTO

O novo livro de

Tania Queiroz

O que me motivou escrever esse livro?

 

De um lado o sonho ardente dos pais em ver seus filhos felizes e realizados e ao mesmo tempo a sensação de impotência, a frustração diante de problemas graves sem sequer ter noção as causas. De outro lado, a dor, a distopia em que estão vivendo as crianças e jovens, a falta de alegria em viver, estudar, a dificuldade em suportar as brigas, os conflitos , o distanciamento de seus pais, a carência afetiva, a solidão, os problemas sexuais e depressão, levando à falta de valorização da própria vida e remetendo até mesmo a automutilações e tentativas de suicídios,  que testemunhei nos atendimentos que realizei nos últimos dez anos, em meu consultório e nas escolas em que atuo.


Incansavelmente procurei respostas para esse triste cenário, palco de muitos lares brasileiros em todas as faixas sociais. Percebi que nos últimos anos as relações familiares conflituosas são pano de fundo para essa realidade, obrigando crianças e jovens a lidarem com questões para as quais não estão preparados,  sem ferramentas de enfrentamento, como os desentendimentos, as crises financeiras, os vícios de seus pais, a negligência ou as exigências exageradas, as  personalidades difíceis dos seus progenitores, os abusos emocionais, físicos e até sexuais.


Nesse universo complexo, a imaturidade dos adultos para educar crianças e jovens, tema velado, pouco trabalhado,  se sobressai, bem como, a  falta de conhecimento sobre as consequências nefastas que suas atitudes promovem na vida de seus filhos.


Assim, apesar de ser um tema forte e ao mesmo tempo delicado, resolvi por meio desta obra alertar os pais imaturos – que não têm consciência da sua imaturidade ou não sabem como mudar sua realidade emocional desestruturada,  sobre a importância em reverem sua postura para ofertarem aos seus filhos um amor mais maduro e capaz de auxiliá-los a serem verdadeiros mestres na caminhada deles.


Em um trabalho ousado e corajoso, na primeira parte do livro conceituo a imaturidade familiar e suas graves consequências na vida das crianças e jovens. Na segunda parte, desenvolvo um trabalho propositivo, um forte chamado para o despertar da consciência, para que os pais encontrem  recursos para amadurecer e talentos para lidar melhor com os desafios atuais da educação dos seus filhos,  para formar adultos emocionalmente mais saudáveis e felizes. Na terceira parte, enfatizo a importância do resgate dos valores do coração,  para formar filhos éticos, honrados, equilibrados, mais felizes e bem-sucedidos.


“PAIS IMATUROS, FILHOS DEPRIMIDOS E INSEGUROS” – um guia visionário, uma ponte para os  pais criarem conexão emocional,  é um grito de alerta para que nós, pais, possamos rever a nossa postura e perceber como ela afeta a formação dos nossos filhos, contribuindo para  o seu sucesso ou fracasso, a sua felicidade ou infelicidade.